Como ajudar

Você pode colaborar com a ASSOCIAÇÃO IVONE E PEDRO LANZA  sempre que quiser. Isso pode ser feito de muitas maneiras, entre elas ser voluntário, fazer doações diretas na conta bancária da instituição ( Banco 104 Caixa Econômica Federal, agência 2475, conta corrente 898-6, operação 003 - CNPJ: 14.008.195/0001-20) ou destinar parte do seu Imposto de Renda devido, através do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente- FIA de Sete Lagoas/MG. 

IMPOSTO DE RENDA

OUTRAS FORMAS DE DOAÇÃO

O valor doado será abatido do Imposto de Renda devido, da seguinte forma:

      . PESSOAS JURÍDICAS tributadas com base no lucro real podem destinar até 1% do imposto de renda devido.

     . PESSOAS FÍSICAS podem destinar até 6% do Imposto de Renda devido, desde que a declaração seja feita no formulário completo.

 

PASSO A PASSO:

1) Deposite o valor a ser destinado aos projetos da Associação Ivone e Pedro Lanza, na conta do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente- FIA  de Sete Lagoas/MG - CNPJ 00.388.449/0001-79

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL -  AG. 0154  -  CONTA CORRENTE  147-0  -  OPERAÇÃO  006

 

2) De posse do comprovante de depósito, envie cópia para o e-mail do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente-FIA de Sete Lagoas/MG cmdcaslmg@yahoo.com.br Tel: (31) 3771-9099 e para a Associação Ivone e Pedro Lanza, ipeldown@gmail.com (31) 3774-9385.

 

3) Envie a CARTA DE INTENÇÃO abaixo preenchida para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, para que o mesmo possa emitir o recibo e encaminhar o valor doado aos projetos da Associação Ivone e Pedro Lanza.  

Endereço de envio da CARTA DE INTENÇÃO: Rua America nº , bairro Jardim Cambuí, Sete Lagoas/MG, CEP 35.700-com cópia para a IPEL via e-mail.

Você receberá seu recibo antes do prazo legal para fazer sua declaração. É importante que saibamos da sua doação para identificarmos a verba junto ao FIA.

 

 

 

 

 

 

Venha ser Voluntário na Associação!

Procedimentos:

• Marque uma visita;

• Após a visita preencha a ficha de interesse na recepção; 

• Aguarde nosso contato.

Perfil do nosso voluntário:

• estudantes no ensino médio, sob supervisão da escola onde estuda;

• estudantes universitários;

• profissionais de qualquer área; 

• pessoas sem formação, mas com interesse e disposição para atuar como voluntário. 

Atuais necessidades:

• Faxineira;

• Arte educador;

• Professor de Dança;

• Professor Educação Física;

• Recepcionista;

• Advogados.

Coordenação do Voluntariado: Cátia Bastos

1. Todos podem ser voluntários?

Não é só quem é especialista em alguma coisa que pode ser voluntário. Todas as pessoas possuem capacidades, habilidades e dons. O que cada um faz bem pode fazer bem a alguém. 

2. Voluntariado é uma relação humana, rica e solidária.

Não é uma atividade fria, racional e impessoal. É relação de pessoa a pessoa, oportunidade de se fazer amigos, viver novas experiências, conhecer outras realidades.

3. Trabalho voluntário é uma via de mão dupla.

O voluntário doa sua energia e criatividade mas ganha em troca contato humano, convivência com pessoas diferentes, oportunidade de aprender coisas novas, satisfação em se sentir útil.

4. Voluntariado é ação.

Não é preciso pedir licença a ninguém antes de começar a agir. Quem quer, vai e faz.

5. Voluntariado é escolha.

Não há hierarquia de prioridades. As formas de ação são tão variadas quanto as necessidades da comunidade e a criatividade do voluntário. 

6. Cada um é voluntário a seu modo.

Não há fórmulas nem modelos a serem seguidos. Alguns voluntários são capazes, por si mesmos, de olhar em volta, arregaçar as mangas e agir. Outros preferem atuar em grupo, juntando os vizinhos, amigos ou colegas de trabalho. Por vezes é uma instituição inteira que se mobiliza, seja ela um clube de serviços, uma igreja, uma entidade beneficente ou uma empresa. 

7. Voluntariado é compromisso.

Cada um contribui na medida de suas possibilidades, mas cada compromisso assumido é para ser cumprido. Uns têm mais tempo livre, outros só dispõem de algumas poucas horas por semana. Alguns sabem exatamente onde ou com quem querem trabalhar. Outros estão prontos a ajudar no que for preciso, onde a necessidade é mais urgente.

8. Voluntariado é uma ação duradoura e com qualidade

Sua função não é de tapar buracos e compensar carências. A ação voluntária contribui para ajudar pessoas em dificuldade, resolver problemas, melhorar a qualidade de vida da comunidade. 

9. Voluntariado é uma ferramenta de inclusão social

Todos têm o direito de ser voluntário. As energias, recursos e competências de crianças, jovens, pessoas portadoras de deficiência, idosos e aposentados podem e devem ser mobilizadas. 

10. Voluntariado é um hábito do coração e uma virtude cívica

É algo que vem de dentro da gente e faz bem aos outros. No voluntariado todos ganham: o voluntário, aquele com quem o voluntário trabalha, a comunidade.

 

"Serviço comprometido com a sociedade, baseado na liberdade de escolha, o voluntariado promove um mundo melhor e um valor para toda a sociedade". 

IAVE (International Association for Volunteer Effort)

 

 

Doações Mensais

As Empresas podem fazer doações mensais para os projetos da Ipel, e sua marca será divulgada como parceiras da Instituição no site , nos materiais impressos e até em eventos.

Entre em contato com a Ipel por e-mail ou telefone e agende sua visita.

Dados para o cadastramento de boletos:

Razão Social:
CNPJ:
Endereço:
Telefone:
Valor das contribuições:

VOLUNTARIADO

Rua Paulo Frontin, 673 | Centro
Sete Lagoas, MG 35700-049

Ligue:

(31) 3775-3159 | 98679-9009 (Oi)

  • Facebook