PROJETO DOWN DIGITAL

O QUE É O PROJETO DOWN DIGITAL?

O projeto ”DOWN DIGITAL” proporciona aulas de informática para crianças e adolescentes com síndrome de Down. 

JUSTIFICATIVA:

Além de resultar em benefícios diretos aos participantes, produzirá vasto material que servirá para aperfeiçoar processos e protocolos nas intervenções que envolvam pessoas com síndrome de Down, em especial, crianças e adolescentes. É importante atentar para o fato de que, cada vez mais, esses indivíduos têm uma vida mais longa e saudável para a qual devem ser preparados desde a tenra idade. 

Dentre as várias áreas nas quais a informática vem atuando, existe uma essencial e de extrema importância: a educação. Há um novo paradigma para a educação, no qual o ambiente educacional, escolas e instituições que atuam no contra turno escolar, deve possibilitar aos alunos uma aprendizagem e o ganho de conhecimento de uma forma autônoma, ou seja, eles devem ser ensinados a buscar o conhecimento utilizando a informação. A busca destas informações através dos recursos e aplicativos que o computador oferece, estimulo do pensamento crítico, à criatividade, ao raciocínio lógico e principalmente à troca de conhecimento entre todos. 

Dificuldades ao desenvolvimento da aprendizagem em síndrome de Down ocorrem, principalmente, por que há uma imaturidade nervosa e uma não mielinização  das fibras neuronais, o que pode dificultar funções mentais como: habilidade para usar conceitos abstratos, memória, percepção geral, habilidades que incluam imaginação, relações espaciais, esquema corporal, habilidade no raciocínio, estocagem do material aprendido e transferência na aprendizagem. As deficiências e debilidades destas funções dificultam principalmente as atividades escolares.

A base teórica, portanto, de sustentação desta proposta está consubstanciada nas concepções de Piaget e Vygotsky que afirmam a construção do conhecimento se dá a partir da interação com o meio físico e cultural. 

OBJETIVOS DO PROJETO:

- Contribuir com o processo de alfabetização;

- Desenvolver conceitos básicos de informática;

- Incluir crianças e adolescentes com síndrome de Down em escolas comuns e na sociedade,

uma vez que necessitarão de conhecimento do "mundo digital" para acompanhar o crescimento da tecnologia;

- Reforçar a aprendizagem da criança e adolescente com síndrome de Down, explorando todos os seus conhecimentos, sentidos (coordenação motora, percepção, lógica, manuseio com o computador e outros), de uma forma interativa e lúdica, e principalmente, capacitando estas crianças para interagirem com outras crianças com ou sem deficiência. 

MÉTODO:

Para prover um processo de desenvolvimento mais adequado a este público, são utilizados softwares educacionais que levam em consideração as características e necessidades das crianças e adolescentes com síndrome de Down,  desenvolvendo várias habilidades importantes para sua educação como: a descoberta, identificação, observação, análise, criatividade, autoconfiança e outros aspectos que fazem com que a criança desenvolva seus conhecimentos e, ao mesmo tempo, interaja com pessoas especiais ou não. 

Recentes pesquisas revelam que as atividades desenvolvidas com o computador, através dos softwares educativos, têm provocado um impacto marcante na vida dessas crianças e adolescentes enriquecendo sua capacidade intelectual, seu sentimento de auto estima, e colocando-os em contato com sua capacidade de aprender cognitiva e emocionalmente. 

A Associação Ivone e Pedro Lanza- IPEL, vem bu1scando meios para efetivar a inclusão de crianças e adolescentes com síndrome de Down e a INFORMATICA desponta como um importante instrumento para esse processo.

Rua Paulo Frontin, 673 | Centro
Sete Lagoas, MG 35700-049

Ligue:

(31) 3775-3159 | 98679-9009 (Oi)

  • Facebook