“PROJETO MOVIMENTA DOWN”

Patrocínio 

Uma das maiores empresas de concessão de infraestrutura do mundo.

www.institutoccr.com.br

O projeto 'Movimenta Down' atende 30 crianças e/ou adolescentes com síndrome de Down de forma totalmente gratuita.

Os efeitos positivos da implementação desse projeto atinge tanto as crianças como suas famílias e escolas onde estão matriculadas e só foi possível pelo apoio do INSTITUTO CCR que acreditou no potencial dessas crianças e no trabalho que a IPEL desenvolve junto a essa população tão especial.

​Na infância, grandes habilidades motoras são adquiridas, proporcionando um maior controle corporal em diferentes movimentos e posturas usadas em muitas tarefas de vida diária.

As experiências nos primeiros anos de vida provocam a reorganização e o estabelecimento de novas conexões sinápticas e a formação de grandes redes neuronais que facilitam o processo de desenvolvimento.

A falta de experiências físicas que muitas crianças com síndrome de Down são submetidas, podem dificultar a exploração do ambiente que, associadas a um deficit de integração sensorial, percepção de si mesmas, noção de tempo e espaço, dentre outros, interferem em geral no processo do desenvolvimento cognitivo.

Aliado a essa realidade essas crianças enfrentam o deficit proprioceptivo, a frouxidão ligamentar, a instabilidade atlanto axial e a hipotonia, que são alterações motoras que provocam uma serie de problemas inclusive no desenvolvimento da fala e da linguagem.

A aquisição da linguagem é um processo complexo, essas crianças geralmente adquirem a linguagem mais tarde e têm maior dificuldade de expressão do que de compreensão.

É na fala onde se encontra uma das maiores dificuldades das pessoas com síndrome de Down e angústia da família.

Por isso, suporte e mais prática são necessários para que essas dificuldades não se tornem consistentes ao longo dos anos.

Unindo as técnicas de fonoaudiologia que desenvolvem o sistema sensório motor oral às diversas técnicas de exercício do Pilates e RPG, encontramos resultados que há alguns anos atrás não eram possíveis de serem atingidos por pessoas com a síndrome.

A equipe interdisciplinar da Associação Ivone e Pedro Lanza, composta por Coordenador, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Pedagogo, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional, oferece suporte ao projeto, definindo as estratégias utilizadas nos atendimentos, monitorando e avaliando periodicamente os resultados.

Os atendimentos são individualizados ou em grupo dependendo da necessidade, sempre respeitando a singularidade, potencialidade e afinidade de cada um.

Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fisioterapia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fonoaudiologia
Sessão de Fisioterapia
Sessão de Fisioterapia
Sessão de Fisioterapia
Sessão de Fisioterapia
Sessão de Fisioterapia

O fonoaudiólogo trabalha com o desenvolvimento do sistema estomatognático e da fala, adequando os órgãos da fala e as funções afetadas (mastigação, deglutição e respiração).

Porém, os processos lúdicos, afetivos e sensoriais se encontram nas diversas abordagens propostas para o desenvolvimento da fala e da linguagem dentro de uma sessão de fonoaudiologia.

Os objetivos de quaisquer atividades deverão estar relacionados com o que desejamos como produto final e para tanto podemos nos apropriar de algumas técnicas teatrais, que envolvem, estimulam a comunicação e mantêm a atenção e concentração por mais tempo, auxiliando no processo de aquisição da fala e da linguagem.

Rua Paulo Frontin, 673 | Centro
Sete Lagoas, MG 35700-049

Ligue:

(31) 3775-3159 | 98679-9009 (Oi)

  • Facebook